Importância da qualificação profissional em tempos de crise

Compartilhar:
Facebooktwittermail

Quando a economia vai mal, umas das melhores coisas que você pode fazer é buscar qualificação profissional.

Afinal, não dá para ficar esperando pelas condições perfeitas sem fazer a sua parte. Mas por onde começar?

Neste post, você vai ficar por dentro da importância de investir na sua qualificação em tempos de crise e conferir dicas quentinhas para você colocar em prática.

Vamos lá?

Por que a crise é uma boa oportunidade para se qualificar

Em qualquer área, a qualificação profissional é um requisito fundamental para quem quer construir uma carreira de sucesso. 

E durante os períodos de crise ela se torna ainda mais importante.

Primeiro porque nenhuma crise dura para sempre. O tempo vai passando, a economia começa a se recuperar e, consequentemente, o mercado de trabalho também.

Quando isso acontecer, as pessoas mais qualificadas e que estiverem mais adaptadas ao novo cenário terão chances bem maiores de conseguir as melhores vagas.

Além disso, o medo de ficar desempregado funciona como um alerta para a urgência de apostar na qualificação profissional.

Na crise mais recente, causada pelo coronavírus, os empregos informais têm sido os mais afetados – como já era de se esperar. 

E mesmo antes da pandemia, quando o desemprego já era alto, muitas vagas não estavam sendo preenchidas por um motivo: falta de profissionais qualificados.

Portanto, a melhor saída é começar a se preparar o quanto antes para garantir um bom emprego e conquistar seu espaço no mercado de trabalho.

7 dicas para obter qualificação profissional

Descubra a seguir como se qualificar seguindo os passos corretos:

1. Conheça você mesmo

Refletir sobre as coisas que você gosta de fazer, pensar nos seus valores e listar suas maiores qualidades e defeitos são algumas formas de se conhecer melhor.

E sabe o que isso tem a ver com qualificação profissional?

Tudo a ver! Isso porque esse é o caminho para você encontrar uma profissão que tenha a sua cara.

Escolher uma carreira só porque dá dinheiro, por exemplo, não é uma boa. Quem não se identifica com o que faz pode acabar vivendo frustrado.

2. Não se baseie nos outros

É difícil não se comparar com os outros, não é verdade? 

Mas saiba que isso não é saudável, influencia as suas escolhas e pode até afetar sua autoestima de forma negativa.

Ao usar os outros de referência, você pode acabar se sentindo obrigado a seguir a profissão dos pais ou daquele primo que ganha bem, por exemplo. Porém, isso só é uma boa ideia se você realmente se identificar com a carreira que eles seguiram.

Sendo assim, evite usar as outras pessoas como parâmetro, pois nada é garantia a sucesso. Você só vai se dar bem se fizer o que gosta de verdade.

3. Faça uma faculdade

Ainda tem dúvidas se vale a pena fazer uma faculdade? Fique sabendo que ter um diploma de graduação no currículo faz uma diferença enorme.

É uma das melhores maneiras de investir em qualificação profissional. Isso vai ajudar você a se destacar no mercado de trabalho e conseguir bons empregos.

Isso porque a formação fornece conhecimentos e habilidades importantes para a sua vida profissional. Para as empresas, isso também mostra que você está correndo atrás de um futuro melhor, o que é um ponto positivo.

Qualificação profissional - idioma

4. Defina seus objetivos de vida

Já parou para pensar onde você gostaria de estar daqui a 10 anos? Qual tipo de rotina você gostaria de ter? Onde escolheria morar? Fazer carreira em uma grande empresa ou ter o próprio negócio?

Esses são só alguns exemplos de perguntas para você fazer a si mesmo.

Fazer esse tipo de reflexão ajuda você a escolher qual curso fazer na faculdade e traçar objetivos profissionais que tenham a ver com o estilo de vida que você gostaria de ter.  

Por isso, é preciso pensar no assunto, pois os objetivos servem como guias na hora de fazer escolhas.

5. Aprenda idiomas

Falar outras línguas também faz parte da qualificação profissional. Em algumas áreas, o inglês é obrigatório para conseguir um bom emprego. 

Portanto, vale a pena começar a estudar novos idiomas o quanto antes.

Hoje existem várias alternativas para quem quer aprender. Além dos cursos tradicionais, dá para fazer aulas online e até usar aplicativos para estudar.

O que ajuda bastante é ficar em contato com o novo idioma o máximo possível. Ouvir música e assistir filmes com legenda, por exemplo, são formas descontraídas de conhecer novas palavras e ganhar fluência.

6. Faça cursos online

Cada vez mais e mais pessoas fazem cursos pela internet, ou seja, sem nem precisar sair de casa. Se você fizer uma pesquisa vai ver que não faltam opções de cursos online em diferentes áreas.

Pense nos assuntos que você gostaria de entender melhor e procure os cursos disponíveis.

Mas tome cuidado na hora de escolher, dando preferências para as instituições conhecidas e de confiança. Se o curso oferecer um certificado, melhor ainda!

7. Assista a palestras e workshops

Ter contato com outros profissionais e conhecer perspectivas diferentes sobre a profissão, o mercado de trabalho, carreira e outros temas é uma forma de ganhar novos conhecimentos e escapar dos efeitos negativos da crise.

Essa é outra dica que você pode colocar em prática no conforto do seu lar.

Não sabe por onde começar? Dê uma olhada nas TED Talks, que são palestras internacionais feitas por profissionais bem-sucedidos de diferentes partes do mundo.

Há também os webinars. Eles nada mais são do que videoconferências com o objetivo de ensinar os espectadores sobre algum assunto. Se for ao vivo, você ainda pode interagir e tirar suas dúvidas.

Qualificação profissional é a melhor saída

Viu como é importante investir em qualificação profissional em épocas de crise? 

As dificuldades que aparecem nesses períodos servem para abrir os nossos olhos nesse sentido.

Por isso, não fique parado durante a crise. Aproveite para colocar todas essas dicas em prática e encha sua bagagem de conhecimento!

Quer ficar por dentro de outros assuntos relevantes para a sua vida profissional? Então siga a Fama no Instagram e Facebook!

Compartilhar:
Facebooktwittermail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *