O que fazer para aumentar o rendimento em Home Office?

Compartilhar:
Facebooktwittermail

O Home Office nunca foi tão necessário como nos dias de hoje. Entre aqueles que trabalhavam ou estudavam fora de casa, agora, suas rotinas foram completamente modificadas pela pandemia. Mas e aqueles que faziam suas atividades dentro de casa? Foram afetados com a mesma intensidade? Muitos afirmam não sentir grande impacto por não precisarem sair de casa.

A adaptação para essa nova realidade já está inserida na sociedade.

Nesse novo cenário, praticantes de Home Office desfrutam de suas horas de trabalho em um ambiente tanto familiar quanto profissional, diminuindo assim os riscos do Covid-19. Já os que migraram para essa realidade recentemente, podem encontrar dificuldades no meio do caminho.

As distrações dentro de casa e também o uso constante de novas tecnologias se tornam um obstáculo em alguns casos. Mas sabendo contornar essas eventualidades, o rendimento dentro de casa pode se igualar ao ambiente corporativo.

Da noite para o dia tudo pode mudar. Para o professor de Jornalismo, Dirceu Pinheiro, da Faculdade Fama por exemplo, foi o que aconteceu. Uma experiência completamente nova se adaptar tão rápido as aulas remotas, o que de certo modo acabou se tornando seu novo Home Office.

“Para não perder o foco, encontrei o local mais silencioso da casa para ministrar as aulas e mantive a rotina de me arrumar para a aula, como se fosse presencial. Quanto ao foco dos alunos, que no início tiveram resistência ao novo modelo, procurei fazer com que a aula fosse mais atrativa, mesclando teoria, prática e palestras com jornalistas renomados.”

O Home Office hoje não se trata apenas de conforto, mas sim de necessidade. Diante disso, confira abaixo as dicas para ter mais foco e aumentar o rendimento em seu Home Office:

  • Vista-se como se tivesse indo trabalhar (ou estudar)

Afinal você está indo. Não saia da rotina. As práticas tomadas antes de ir ao trabalho devem permanecer. Se arrumar, tomar banho, vestir uma roupa apropriada, calçar os sapatos, é a melhor forma para manter o cérebro ativo para um novo dia de trabalho, mesmo dentro de casa.

  • Defina um horário fixo

Um horário definido contribui não só para o tempo em foco mas também no descanso. Isso é importante para não haver uma sobrecarga durante essas horas em atividade. O descanso é essencial para recuperar as energias. Para trabalho e também os estudos há a técnica chamada pomodoro. Ela consiste em cronometrar o tempo em períodos de foco e descanso dentro de determinadas horas que se pretende trabalhar ou estudar.

  • Planejamento do dia

A vantagem de montar o próprio horário para realização das atividades está na conciliação com o relógio biológico. Se o horário que se tem mais produtividade é no período matutino, este deverá ser o escolhido. O planejamento do dia pode ser feito no dia anterior e assim sucessivamente durante a semana. É importante que nesse período de atividades não haja distrações por parte de outras pessoas da casa. Então, deixe claro que estará ocupado durante o tempo de trabalho ou estudo definido.

  • Descanso

As pequenas pausas dentro do escritório da casa são tão importantes como em uma organização. Fatores psicológicos e ergonômicos permeiam esse ponto. Na empresa nunca ficamos o tempo inteiro em nossas cadeiras. Mesmo que seja para resolver alguma tarefa, a ida até outra sala ou buscar um café por exemplo, já é uma atividade diferente e isso faz bem. Em casa é a mesma coisa. Esses momentos de descanso podem ser cronometrados e a ausência deles geram estresse como já citado.

Com o passar do tempo, essas práticas ficarão tão rotineiras como um dia de estudos ou trabalho normal. Tenha em mente que esse é o novo normal e que as obrigações ainda estão ali, mas em um ambiente diferente.

Sobre o Autor
Avatar

Marcelo Filho

Compartilhar:
Facebooktwittermail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *