Faculdade Fama Menu
Blog

Aqui, você se liga no Na Prática e coloca suas ideias pra funcionar.

23 de março de 2020

Guia: o que podemos esperar da década de 2020?

Década de 2020

Estamos no início da década de 2020. Entender quais são as tendências que estão por vir é muito importante para se preparar ao mercado de trabalho.

As previsões para o futuro desta década estão centradas em dois grandes pontos: dados e comportamento humano. A tecnologia nunca esteve tão a favor do homem como acontecerá a partir de agora.

Neste post, listamos 5 tendências que já estão acontecendo e vão mudar a sua forma de viver em sociedade. Acompanhe para descobrir tudo.

A década de 2020

O início de uma nova década, normalmente, é marcado por estudos sociais e econômicos. Essas pesquisas são usadas na tentativa de antecipar tendências e se reorganizar o que for necessário.

Falar sobre tecnologia parece ser coisa do passado quando fazemos um recorte histórico dos últimos anos. A tecnologia já faz parte da realidade do dia a dia e está evoluindo a passos largos.

Os pesquisadores apontam que há diferença entre a experiência das últimas décadas e a que acontecerá a partir de agora. Na década de 2020, o homem passará a vestir tecnologia. 

Além disso, as empresas estarão muito mais preocupadas em usar dados para propiciar uma experiência incrível para os clientes.

Tendências para a nova década

De acordo com os estudiosos, algumas tendências já começaram a se concretizar no mundo. Outras ainda ganharão mais força a partir dos próximos anos.

A partir de agora, apresentaremos algumas dessas alternativas. Saiba quais são elas:

1) Tecnologias vestíveis

A tecnologia estará ainda mais em contato com o homem, permitindo que ele a use no próprio corpo. A IoT (internet das coisas) e a realidade aumentada permitirão que sejam criadas diversas peças para uso pessoal.

Já é possível encontrar relógios inteligentes à venda nas grandes lojas. Em breve, eles dividirão espaço nas prateleiras com óculos e peças de roupa com novas funcionalidades.

Nós poderemos não só usar esses produtos como ganhar uma espécie de superpoderes com eles.  A tecnologia empregada para otimizar o esforço de atletas de alto rendimento estará disponível para qualquer um. Todos nós poderemos nos superar com apoio desses novos acessórios.

2) Carreiras mais diversificadas

A geração Z, formada por pessoas nascidas entre 1990 e 2010, estará cada vez mais presente no mercado de trabalho. Uma das características desse grupo é a vontade de estar sempre em contato com novas experiências. Por isso, as empresas serão cada vez mais cobradas por novas alternativas de carreira.

O antigo formato de carreira em Y, que dá opção da pessoa ser especialista ou líder, não fará mais sentido. As empresas se adaptarão a esse perfil oferecendo a eles carreiras mais diversificadas. Algumas profissões deixarão de existir. Outras vão se reinventar.

A capacidade de conectar informações diferentes e analisar dados será cada vez mais buscada pelos recrutadores. Mais do que conhecimento técnico, os trabalhadores da década de 2020 precisarão ter domínio de habilidades comportamentais.

Década de 2020 - costumer experience

3) Customer experience

A relação entre os consumidores e as empresas precisará ser muito mais pautada em ética e transparência. A geração Z cobrará uma postura muito mais responsável das marcas, exigindo que elas honrem o compromisso com a sociedade.

Os setores de customer experience, experiência do consumidor, usarão os dados a seu favor. As informações geradas servirão de apoio para uma nova forma de pensar nos negócios.

As empresas progredirão à medida que encontrarem formas de expandirem os negócios atendendo as necessidades dos clientes.

O consumidor estará no centro do direcionamento das estratégias empresariais. Essa mudança de paradigma promete causar muita inovação nos próximos anos. 

4) Multiculturalismo

Na nova década, as fronteiras territoriais serão cada vez mais solúveis. O multiculturalismo é a palavra da vez.

Várias pessoas, de nacionalidade diferentes, conviverão em harmonia em diversas esferas sociais. 

O respeito às diferenças culturais passará a imperar dos ambientes de trabalho até as exposições artísticas. A geração Z é muito mais aberta a diferentes raças, religiões e interesses pessoais. 

5) Cocriação

Em um mundo cada vez mais global e colaborativo, uma das novas marcas da inovação é o processo de cocriação.

Esqueça a ideia de equipes de trabalho com a mesma formação. Uma das tendências da década de 2020 é a participação de pessoas com perfis diferentes em projetos diversos.

O olhar complementar que cada pessoa pode incluir em um projeto desses servirá para criação de novas soluções em conjunto. A esse processo se dá o nome de cocriação.

Nesse post, antecipamos algumas tendências para a década de 2020. 

Como você pode perceber, muita coisa já está mudando. Por isso, é importante estar sempre antenado às mudanças e buscar qualificação para atuar no mercado de trabalho.

Curtiu as dicas? Comece a se preparar aprendendo como se adaptar bem na faculdade.

Erica Alves

Analista de Marketing na FAMA. Amante da escrita e apaixonada em redes sociais.

Comentários